terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Olá amigas!
Um pouco sumida, mas cheias de novidades.
Já estou trabalhando com Educação Infantil, semana passada ajudei na colônia de férias, foi bom, porque conheci melhor a rotina da escola e os alunos.
Essa semana estou conhecendo minha nova turminha, aluninhos de 4 e 5 anos (amei eles).
Bom, quero contar como foi meu primeiro dia de aula:

Preparei com antecedência, tarjetas com os nomes das crianças, então distruibui elas nas mesinhas, e conforme as crianças iam chegando, pedia para que elas procurassem a tarjeta com o seu nome.
Meu objetivo foi saber o conhecimento que as crianças tinham em relação ao nome, se o reconheciam e se conheciam todas as letras do alfabeto.
O resultado não podia ser melhor, alguns não tiveram dificuldade em achar o próprio nome, já algumas só reconheciam a primeira letra do nome e somente uma criança não conseguiu achar o nome dela.
Com base nesses dados, estou trabalhando o alfabeto, pois as crianças que acharam o nome,reconhecem as letras, mas nem todas as letras sabem ou trocam o nome da letra.
Vou postar algumas atividades que fiz com eles essa semana, espero que possa ser útil para alguém.
beijos!



quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

ORGANIZANDO A SALA DE AULA


ARRUMAR A SALA COM CANTINHOS PARA:
1 - Brinquedos - De vários tamanhos (prateleira)
2 - Fantoches - Feitos de sucata
3 - Caixas encapadas com rótulos para guardar: botões, embalagens, rótulos, revistas usadas, argila, massinha, tampinhas, etc.
4 - Encapar garrafas plásticas cortadas ao meio para lápis (separá-los por cor), tesouras, pincéis atômicos e de pêlo, etc.
5 - Colocar babado de crepom para delimitar o mural para expor os trabalhinhos.
6 - Fazer varal para colocar o alfabeto móvel e numerias.
Mãos a obra.
beijos!

domingo, 13 de janeiro de 2008

HISTÓRIA CONTADA

HISTÓRIA CONTADA:
Contar histórias é uma atividade de grande valor educativo.
Através do conto, a criança desenvolve a imaginação, enriquece seus conhecimentos, constrói idéias e vive momentos de grande magia.
Para este momento, procure um ambiente arejado, silencioso. Procure ao contar histórias soltar a imaginação, com expressões fisionômicas, gestos e falas.

ALGUMAS DICAS:
1- Apresente o livro: Explore a capa, o título, o autor, o desenhista, etc.
2- Você pode contar a história sem ler usando suas próprias palavras.
3- Deixe que a criança participe da história.
4- Durante a história faça perguntas para que a criança participe e viva bem esse momento.
5- Se possível, conte a história mostrando fantoches feitos de sucatas (personagens da história).
6- Ofereça aos alunos condições para que criem o cenário da história, utilizando diversos materiais como galhos secos, papel, retalhos, etc.
7- Permita que as crianças dramatizem a história.

(Alfabetização sem segredos)

CAIXAS SURPRESAS





Estas caixas, fiz a pedido de minha coordenadora, são caixas de sapato, pintei com tinta para artesanato, forrei com feltro, e fiz a decoração com retalhos de tecidos, lãs e feltro.

Elas serão utilizadas como caixas supresas:

CAIXA SURPRESA:

O trabalho com a "Caixa Surpresa", na "Hora de novidades", é um riquíssimo recurso para o desenvolvimento da linguagem oral.

Como trabalhar com a "Caixa Surpresa"

- Oferecer ao aluno uma bela caixa enfeitada para levar para casa e colocar dentro dela um objeto, animalzinho, brinquedo, etc.

- A criança retornará com a caixa fechada e todos tentarão adivinhar o que está na caixa

- Se a professora achar difícil contar com a colaboração dos alunos, poderá ela mesma providenciar alguma coisa para colocar na caixa.

Obs: Durante a exploração da situação, fazer perguntas abordando tudo o que está sendo trabalhado.

As atividades dessa área tem como objetivo levar as crianças a interpretarem o que ouvem, responderem de maneira lógica ao que lhes é perguntado e desenvolverem o pensamento lógico e sua expressão. Além disso, a linguagem oral permite às crianças ampliarem seu vocabulário e seus conhecimentos sobre os diversos assuntos abordados, bem como estimular sua participação verbal no grupo e desenvolver a capacidade crítica, contribuindo para o bom êxito da a prendizagem.

(Fonte: Alfabetização sem segredos 2º período Atividades para crianças de 5 a 6 anos )

CAPA DO LIVRO DOS DEDOCHES


RAPUNZEL


CHAPEUZINHO VERMELHO


CACHINHOS DOURADOS




OS TRÊS PORQUINHOS


HISTÓRIA DA CINDERELA