sexta-feira, 6 de junho de 2008

MAIS MUDANÇAS...

Olá!!!
mil desculpas pela falta de atualização em meu blog, aconteceram mais mudanças na área profissional. Como sou professora substituta pela prefeitura aqui de minha cidade, fiquei 35 dias numa sala de 3ª série, a professora estava de licença de saúde, e voltou esta semana, foi muito díficil pra mim e para os alunos, a gente acaba se apegando...mas é a
vida... alunos vem e vão.
Esta semana comecei numa sala de jardim II, transferiram a professora, pq ela não estava conseguindo lidar com a sala.
É uma sala bastante difícil, apesar de só ter 14 alunos, é uma sala mista Jardim I e II.
Os alunos, apesar da pouca idade, são bastante indisciplinados, batem uns nos outros, falam palavrão e por ai vai..., sem contar os acessos de birra de alguns, em particular um aluno, esta criança, durante todo o ano só conseguiu realizar uma atividade, que foi esta semana, mas precisamente quinta-feira (graças a Deus), estou tentando entender o que se passa com ele. Ele não realiza nem deixa os demais alunos realizarem as atividades, sai rasgando e jogando tudo o que vê pela frente, não obedece em hipótese alguma, bate em todos os alunos, o que tem provocado uma rejeição dos demais em relação a ele.
Peço o favor das mais experientes que visitam meu blog, que deixem comentários, para que possa me ajudar em relação a essa criança.
Tenho conversado bastante com ele, (dizem na escola, que a classe está melhorando).
Sinto que este será o meu grande desafio deste ano.
O meu obrigada a todos e um grande beijo!
Sílvia

11 comentários:

Luzimara disse...

Oi Silvia.

tudo bem? Li seu desabafo e senti vontade de te dar algumas dicas para lidar com esse aluno que não realiza as atividades.
Será que ele não está querendo chamar a atençao da turma ou até mesmo a sua ? Quem sabe é um caso de carência? Ou até mesmo revolta por ver que todos conseguem fazer as atividades e ele não.
Desinteresse? Talves....mas propositalmente, quem sabe...
Por isso sugiro que vc faça deste aluno o seu ajudante de sala. Faça com que ele se sinta IMPORTANTE para a sala e para vc. Dê responsabilidades a ele, tipo: recolher cadernos, distribuir atividades, apague o quadro, ,enfim; ser SEU AJUDANTE mesmo!
Quem sabe ele começa a ver as coisas de outra forma?
Pelo menos tente.
Espero que vc tenha sucesso.
Beijos,
Luzimara

Djulie disse...

Oi Silvia:
Eu tenho uma turma de Jardim II e tenho um aluno igual ao seu, ou pelo menos parecido. Comecei a fazer algumas técnicas de relaxamento e por incrivel que parece tem dado certo. Ele já se mostra mais calmo. Outra questão que descobrimos aqui é que esta criança foi rejeitada pela mãe, o que gerou uma grande rebeldia neste aluno. Aconselhada pela psicologa busquei demonstrar que ele é uma pessoa importante. As coisas estão bem melhores. Não sei se esse é o seu caso, mas espero que a ajude.
Sucesso,
Djulie

betty mello disse...

Querida, só agora cheguei ao pc e vi seu desabafo-pedido de ajuda. Concordo com as duas colegas blogAmigas Luzimara e Djulie.Talvez essa criança precise de valorização e carinho. Um pouco de atenção, de vc mostrar pra ela que é mais legal se destacar por fazer algo muito especial e bonito. Ser ajudante é uma opção muito legal- já usei esta estratégia, e deu certo ! Acho que sempre temos em nossas salas crianças desafiadoras, que exigen de nós uma pouco a mais do que estamos preparadas...Tente não demonstrar q fica irritada( a gente fica, mesmo...somos humanas...), mas que fica profundamente triste qdo ela não consegue agir corretamente(valorize o + , o legal,e mostre-se solidária na luta q ela está travando consigo mesma para melhorar).E vá dando notícias para nós se estamos conseguindo ajudá-la , sim ? Estou na maior torcida para que esta criança consiga superar estas dificuldades com a sua ajuda.(Também tenho uns desafios....gêmeos, e trigêmeos numa única sala !!!)Bjs carinhosos, Betty

Anônimo disse...

Silvia,todas as tentativas são válidas. Busque também, informações da família sobre possíveis conflitos, ou até mesmo,problemas na gestação ou acidentes.Desta forma, sua mediação será mais precisa. Parabéns pelo Blog. Um abraço carinhoso e até a próxima.
Beatriz Delgado.

Luzia disse...

Olá Sílvia.
Também tenho um aluno assim e não é facil.
Além de tudo o que as outras colegas já disseram acho interessante trabalhar o grupo que também deve estar saturado das reações desse colega.
Peça ajuda a sua coordenadora para retirá-lo um pouco da sala de aula -invente um motivo, uma ajuda... - e ouça o que as outras crianças sentem nos momentos de conflitos e se tem alguma sugestão (coerente).
Num outro momento - roda da conversa - as próprias crianças podem dizer a ele como se sentem:
Não gostam de ser agredidas
Não querem suas atividades rasgadas
Percebi que estes momentos , da roda, ajudam bastante. Devem ser tranquilos, de preferência no início da aula, antes que algo aconteça.
Estabeleça ali as regras daquele dia (que são praticamente as mesmas de todos os outros)e se for necessária alguma sansão cumpra.
É cansativo, mas é preciso conversar muuuuito.
Educação muitas vezes é repetição.
Tomara que dê certo.
Beijos,
Luzia

Drica disse...

Olá Silvia,
Tenho uma turma muito parecida com sua. Tenho conseguido alguns resultados a partir da adoção do quadro de incentivo.
Fiz um quadro com o nome dos alunos. Cada um ganhou 3 figuinhas de EVA que colo nesse quadro. Ao quebrar uma regra da sala como bater ou cuspir em um amigo, o aluno perde uma figurinha. No final do dia quem não perdeu nenhuma figurinha leva para casa um cartão de parabéns pelo seu comportamento.
Bjs.
Que Deus te abençoe!

Joseane disse...

Oi amei as sugestões das meninas, realmente tudo é valido. Eu já tive casos assim, e bem piores, sempre no inicio do ano ou qdo começo com alguma turma, sempre faço uma roda e pergunto p eles o que esperam da escola, o querem aprender, cada um responde, depois cada um tem que falar o que terá que fazer p que isso aconteça, elaboramos regras de conviv~encia ( coisas que eles mesmos falam, como são pequenos desenhe e pregue na sala) então tenho um quadro de insentivo que se chama corrida dos corações, cada dia em que a sala cumpre bem os combinados eles ganham 1 coração, no final de 10 ganham uma surpresa ( poder ser filme, bala, pirulito, algo diferente) então todo inicio de aula desenho um coração no quadro e qdo a sala estrapola marco lá , 3 marcas não ganham coração, 4 marcas pewrdem 1 coração, e assim por diante, eles ficam loucos qdo paro frente ao coração ....Elogios , acredito muito no poder da auto-estima, isso ajuda muito, aluno sem auto-estima é aluno revoltado...espero ter ajudado, abraços. Joseane

Anônimo disse...

olá,


Você pode até me achar um pouco louca, mas este ano tenho uma sala de jardim II que é quase impossível. Tenho 24 crianças matriculadas sendo que 7 são alunos especiais. Um destes alunos desde o começo do ano tem apresentado um comportamento muito parecido com o que você descreve no seu desabafo. Conversei, brinquei, fiz o jogo das regras, utilizei 10 anos de experiencia e nada. Foi quando comecei a fazer todo o contrario: bateu no amigo o amigo que apanhou tem a permissão de revidar a agressão; rasgou a folha de atividade do vizinho, fica sem a sua(e rasgava na frente dele e colocava no lixo); pintava o desenho mal feito, cheio de rabisco, assim eu não quero, você sabe fazer melhor; não fazia, a folha era rasgada e ia para o lixo.
Fiz isso durante duas semanas. Qualquer comportamento não aceitável pelas regras já discutidas com a sala, era punida severamente, pior que escola tradicional.
Graças a Deus que me deu essa idéia, hoje o Vinícius é outra criança, aprendeu a beijar, sabe abraçar, senta para fazer a sua atividade tranquilamente.
Infelismente ele só aprendeu a certo quando ele mesmo foi atingido.
Se não pode vencê-los junte-se a eles.

vivi disse...

oi

Anônimo disse...

Oi Silvia, tudo bem? vejo que todos os comentários é válido, mas muitas vezes a criança sofre uma influencia espiritual na família, que vem atingi-la, ore peça a Deus que trabalhe também na vida da criança, porque a parte pedagógica voce tem, busque a espiritual, muitos não acreditam mas funciona.
Deus te abençoe

www.sualista.com.br disse...

www.sualista.com.br