sexta-feira, 21 de dezembro de 2007


Adquiri alguns livros paradidáticos bem interessantes hoje.

Este conta a história de uma girafa que se sentia sozinha e triste. Todos da floresta eram gentis com ela, mas como era um tanto tímida, não tinha coragem de conversar com ninguém, e então começa a pensar que é os outros que não querem conversar com ela. Assim sendo, ela sai a procura de um remédio para curar solidão.

Durante o seu caminho à cidade, encontra vários animais, que pedem para que ela não se demore muito, porquê senão vão sentir sua falta.

Ao chegar perto da estrada, que a levaria até a cidade, faz a grande descoberta, a de que não está sozinha e que tem amigos que gostam e se importam com ela.

Resolve voltar para casa, mas como já é noite, e todos da floresta já dormem, consegue ajuda dos pequenos vaga-lumes, que com suas luzinhas brilhantes, iluminam o caminho de volta para casa.

Foi a noite mais feliz da Girafinha, sonhou a noite toda com seus amigos. No dia seguinte resolveu fazer uma festa para todos os seus amigos.

Girafinha Flor descobriu o remédio para curar a solidão: AMIGOS!

Fiz um resumo da histórinha, dá pra trabalhar várias assuntos com as crianças.

Quanta vezes, nos sentimos sozinhos, porquê não percebemos as pessoas que estão ao nosso lado.

beijos!!

6 comentários:

Simone disse...

Silvia amei a historia da Girafinha, vou procurar esse livinho para juntar com os meus, os novos xururucas vão gostar também, Sorte com a nova turma Beijos

betty mello disse...

Eu tb descobri este santo remédio...na blogosfera ! Beijinhos carinhosos amiga!!!Betty

betty mello disse...

Querida passei para deseja-lhe um lindo Natal e ótimo ano novo junto aos seus queridos. Um beijinho carinhoso, Betty

margareth disse...

Sua página é ótima!De grande ajuda não só para professores,como também para as mães.Parabés pela dedicação!

Fernanda disse...

Parabéns!

Bianca Panini disse...

Olá Silvia, cheguei até seu blog devido a essa historinha da girafinha, que também vou publicar no meu blog de psicologia infantil. Se você quiser me fazer uma visita, vou adorar.
www.psicologiacriancas.blogspot.com